Glossário T

Selecione por letra:  A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

 

Tack On order
Pedido colocado a um forncedor por um cliente para um mesm otipo de produto que já está sendo produzido pelo fornecedor para outro cliente. Isso evita a necessidade do fornecedor alterar a linha de produção e incorrer no aumento dos custos.
Tacógrafo
Instrumento destinado a registrar movimentos ou velocidades; tacômetro registrador.
Tacômetro
Aparelho que serve para medir o número de rotações por minuto do motor e, portanto, a velocidade de máquinas ou veículos; o mesmo que taquímetro.
Tailor Made
Produto ou serviço customizado, feito sob encomenda conforme especificação do cliente.
Take or Pay Agreement
Veja Acordo de Pegar ou Pagar
Takt Time
Tempo necessário entre a conclusão de unidades sucessivas de um produto final, visando o atendimento de determinada demanda. O takt time é usado para estabelecer o ritmo da produção nas células e linhas de produção.
Tamanho de Lote (Lot Size)
Quantia de um item específico que é solicitado de uma fábrica ou fornecedor ou emitido como quantidade padrão para o processo de produção.
Tamanho do Lote de Produção (Production Lot Size)
O número de unidades produzidas de um produto em determinada etapa do processo entre preparações de máquinas.
Tambor-Pulmão-Corda (Drum-Buffer-Rope)
Uma técnica de programação desenvolvida usando a Teoria das Restrições. O tambor determina o ritmo para a restrição. O pulmão é um mecanismo de tempo usado para proteger o gargalo das incertezas. A corda é o mecanismo de informação usado para sincronizar a fábrica e determinar a liberação dos materiais na cadeia de suprimentos.
Tank Container
Tipo de contêiner de forma cilíndrica, fixado dentro de uma armação retangular, nas medidas de 20 e 40 pés. É utilizado para o transporte de cargas líquidas.
TankTainer
Um contêiner com um tanque montado sobre este para transporte de líquidos.
Taquímetro
O mesmo que tacômetro.
Tara
Peso de uma unidade de transporte intermodal ou veículo sem carga. Ao se pesar o total subtrai-se a tara, chegando-se assim ao peso da carga.
Tara (Tare)
Peso de uma Unidade de Transporte Intermodal (ITU – Intermodal Transport Unit) ou veículo sem carga.
Target Cost
Veja custo Alvo
Target Inventory Level
Veja Nível de Estoque Desejado
Target Market
Veja Mercado Alvo
Tarifa Adicional (Over Tax)
Tarifa por quilograma a ser cobrada pelo peso global.
Tarifa Combinado de Transporte (Combination Joint Rate)
Um índice conjunto obtido pela combinação de dois ou mais índices publicados.
Tarifa de Unitização de Carga a Granel (Bulk Unitization Charge)
Tarifa aplicada a remessas transportadas do aeroporto de partida para o de chegada, inteiramente em unitizadores de carga.
Tarifa por Quantidade (Quantity Charge)
Índice unitário inferior ao índice normal a que se aplica a expedições que correspondam a determinadas necessidades de peso.
Taxa de Atração (Wharfage)
Uma taxa cobrada do expedidor por usar um cais para atracação, carga ou descarga de uma embarcação ou estocagem de produtos além do cais ou doca.
Taxa de Manuseio Determinal (Terminal Handling Charge – THC)
Quantia fixa que os armadores organizados numa Conferência Marítima cobram pelo manuseio de mercadorias no terminal portuário. Os armadores que não pertencem a qualquer grupo (outsiders) também estabelecem uma determinada THC.
Taxa de Valor Liberado (Released Value Rate)
Taxa baseada sobre o valor do transporte.
Taxa de Valor Liberado (Released-Value Rate)
Taxa baseada sobre o valor do transporte.
Team Building
dinâmica de grupo em área externa, onde os participantes serão expostos a várias tarefas físicas desafiadoras, que são exemplos comparativos dos problemas do dia-a-dia da empresa. Tem como finalidade tornar uma equipe integrada.
TECA – Terminal de Carga Aérea (Air Cargo Terminal)
Local em aeroporto onde as cargas são preparadas para embarque em aeronaves ou recebidas para transferência par outro modal de transporte.
Técnica de Interpolação para Gerenciamento do Tamanho do Lote (Lot Size Inventory Management Interpo
Técnica para identificar grupos de produtos semelhantes em tamanhos de lote para determinar o efeito que lotes econômicos terão no estoque total, custos totais de setup e disponibilidade de máquina.
Técnica para avaliação e revisão de programa (Program Evaluation and Review Technique – PERT)
Técnica para análise e controle das atividades de processos complexos. O tempo necessário para cada atividade é estimado de forma probabilística, baseando-se esta estimativa no tempo mais pessimista, no mais provável no mais otimista. O caminho crítico mostra aquelas atividades e seu tempo associado, que influem no tempo total do projeto. Forma de visualizar as atividades como um fluxograma, em que as atividades são representadas por linhas (arcos) e as ligações (nós) correspondem a eventos definidos.
Tecnologia de Grupo (Group Technology – GT)
Conceito de engenharia e manufatura que identifica a semelhança física de peças (roteiro comum) e determina a produção mais eficaz, por meio de arranjos físicos eficientes.
Tecnologia Móvel (Mobile Technology)
Normalmente se refere aos computadores e tecnologias de comunicação que podem ser facilmente carregados e operados sem a necessidade de um recurso de energia externa. Como exemplos temos os notebooks, telefones celulares e agendas eletrônicas pessoais.
Tecnologia Otimizada de Produção (Optimized Production Technology – OPT)
Conceito de gerenciamento de uma organziação de manufatura que objetiva aumento da produtividade aumentando simultaneamente o processamento, reduzindo o estoque e reduzindo as despesas operacionais. Veja também TOC.
Têmpera
Palavra utilizada no setor de Produção, que significa o processo de tratamento térmico nos aços, para que obtenha maior dureza e resistência mecânica. Consiste no aquecimento do mesmo até ficar avermelhado e em seguida é resfriado bruscamente colocando-o na água ou no óleo. Esta operação faz com que haja uma aglutinação das moléculas do aço, tornando-o mais rígido e resistente. Geralmente é feito em setores das peças/ferramentas que sofrerão forte impacto durante sua vida útil, ou ação constante em outras peças ou mesmo de outras peças.
Tempo até o mercado (Time to Market)
Tempo total necessário para o projeto, construção e entrega de um produto (tempo da conceituação à entrega).
Tempo da doca ao estoque (Dock to Stock Time)
Tempo gasto medido para o recebimento de um item da doca até a estocagem do produto.
Tempo de Ciclo (Cycle Time)
O tempo total entre o início e término de um produto no processo, incluindo todo o trabalho em componentes, mas sem incluir a obtenção de itens adquiridos. O tempo necessário para produzir um item.
Tempo de Ciclo Comprimido (Compressed Cycle Time)
Uma iniciativa para redução do tempo necessário aos produtos para atravessar todo sistema, desde a matéria-prima até o produto acabado. Geralmente refere-se ao tempo de ciclo de fabricação que é o tempo desde o recebimento da matéria-prima até a embalagem final dos produtos acabados.
Tempo de Ciclo de Pedido (Order Cycle Time)
O tempo entre a colocação de um pedido até o recebimento deste pedido, incluindo tempo de transmissão, processamento, preparação e embarque do mesmo. Também conhecido como Lead Time.
Tempo de Compra
É o período compreendido entre a data de recebimento, pelo Departamento de Compras, do Pedido de Compra (via papel ou sistema) até a data do fechamento do pedido.
Tempo de Corte (Cut Off Time)
O momento até o qual se aceita uma carga para assegurar que a mesma estará de acordo para um determinado transporte.
Tempo de Espera (Wait Time)
O tempo gasto enquanto um trabalho aguarda processamento.
Tempo de Fila (Queue Time)
Período de tempo entre a chegada do material em uma estação de trabalho e início de processamento do mesmo.
Tempo de Fornecimento
É o período compreendido entre o fechamento do pedido de compras junto ao fornecedor, até a data de entrega dos materiais no local combinado.
Tempo de Parada (Down Time)
Quantidade de tempo em que um equipamento não está disponível para uso. Inclui tempo necessário para manutenção e outros serviços necessários.
Tempo de Reabilitação (Breaking Down Time)
Tempo necessário para um centro ou estação de trabalho voltar a uma condição padrão após conclusão de uma operação.
Tempo de Recebimento
É o tempo compreendido entre a chegada do material, até a liberação do mesmo para estoque, após ter sido feita toda a conferência de quantidades, documentos, material (quebras, testes, se é o mesmo que foi solicitado, etc.).
Tempo de Reparação (Repairable Period)
O tempo de serviço total, incluindo tempo de deslocamento para que um componente reparável retorne para o estoque e torne-se disponível para o uso.
Tempo de Ressuprimento
É a somatória de todos os Tempos, ou seja, o Tempo do Pedido de Compra mais o Tempo de Compra, mais o Tempo de Fornecimento, mais o Tempo de Transporte, mais o Tempo de Recebimento. Compreende o fechamento do círculo, entre a requisição por parte do usuário final, até o material estar disponível para utilização.
Tempo de Separação (Pick Time)
Quantidade de tempo em uma face de separação necessária para um separador selecionar os itena, desde a colocação no contenedor de separação até completar a transação com a marcação na lista de separação ou finalizando a tarefa em um terminal de radiofrequência ou outro equipamento. Não inclui o tempo de deslocamento.
Tempo de Transporte
É o período compreendido entre a data de entrega do material no local combinado, até a chegada do mesmo no local de destino.
Tempo deTroca de Ferramenta (Setup Time)
O tempo utilizado para se fazer a troca de ferramenta para se produzir um outro produto em um determinado equipamento. Medido a partir da última peça boa de um produto produzida até a primeira peça boa do novo produto (próximo lote).
Tempo do Pedido de Compra
É o período compreendido entre a requisição (via papel ou sistema) do usuário, até a aprovação final dos seus superiores, formalizando assim o documento (via papel ou via sistema), que seguirá para o Departamento de Compras.
Tempo Médio de Atraso Logíatico (Mean Logistics Delay Time – MLDT)
Tempo de parada necessário para substituição de peças, fornecimento, ferramentas ou dados que estão sendo obtidos.
Tempo médio de ressuprimento
é o tempo médio obtido dos históricos de aquisição. Observe que este tempo varia de aquisição para aquisição pois depende de vários fatores já conhecidos.
Tempo Médio entre Falhas (Mean Time Between Failures – MTBF)
É a média de tempo entre falhas, isto é, o tempo sem problemas.
Tempo Médio para Reparo (Mean Time to Repair – MTR)
É a média de temp para se fazer um reparo.
Tempo para Movimentação (Moving Time)
Tempo padrão permitido considerado em qualquer pedido para a movimentação de itens entre operações.
Tempo Predeterminado de Movimento (Predetermined Motion Time)
Conjunto de informações, procedimentos, técnicas e tempos de movimento empregado no estudo e avaliação de elementos de trabalho manual. Útil na categorização e análise de todos os movimentos cujos tempos são computados seguindo fatores como extensão, grau de controle muscular e precisão. Os tempos fornecem a base para calcular um padrão de tempo para as operações.
Teoria Contigencial
Abordagem de teóricos da Administração que saliente que não se alcança a eficácia organizacional seguindo um único e exclusivo modelo organizacional; ou seja, não existe uma única forma e melhor para organizar no sentido de se alcançar os objetivos variados das organizações dentro de um ambiente também variado.
Teoria das Filas (Queuing Teory)
Ramo da matemática aplicada que estuda os problemas de congestionamento, causada pela interrupção de um fluxo normal e a espera a ela associada. Coleção de modelos que lida com os problemas da linha de espera, por exemplo, motivos pelos quais os clientes ou unidades que chegam a uma instalação de serviço têm de enfrentar filas de espera.
Teoria das Restrições (Theory of Constraints – TOC)
Técnica administrativa desenvolvida pelo físico israelense Eliyahu Goldratt, que consiste em identificar e explorar as restrições (ou gargalos) em todas as atividades do negócio.
Teoria de Grafos (Graphos Theory)
Ferramenta para o tratamento de problemas de caráter sequencial baseada no estudo dos relacionamentos.
Terceirização (Outsourcing)
Uso de terceiro, subcontratado, transportador, armazém ou operador logístico para realizar funções normalmente realizadas pela própria empresa. Transferir as operações ou ativos de uma empresa para outra, para sua gestão e abastecimento.
Terceiro (Third Party)
Qualquer pessoa ou organização que presta serviço em processo de produção ou logística, que não seja nem o comprador nem o vendedor. Exemplos: pessoal de um armazém geral, transportadoras, auditores, etc.
Terminal
Ponto inicial ou final para embarque e/ou desembarque de cargas e passageiros.
Terminal de Faturamento (Billing Terminal)
Terminal que prepara a fatura de frete para uma expedição. Normalmente, este será o terminal de origem. Entretanto, se o transportador tiver centralizado o sistema de faturamento, poderá ser o escritório geral do transportador. Por outro lado, se o transportador regionalizou o faturamento, o terminal de faturamento pode ser um terminal intermediário ou destino.
Terminal de Radiofrequência (Radio Frequency Terminal)
Dispositivos de radiocomunicação utilizados como uma ligação entre computadores. Os terminais RF podem ser utilizados para transferir dados entre computadores ou entre um dispositivo portátil de entrada de dados e um computador. Usados em conjunto com um sistema de gerneciamento do armazém para indicar a um operador as atividades de separação, estocagem e contagem cíclica de inventário. Comunica-se com o WMS por transmissões de radiofrequência de baixa energia. É uma ligação em tempo real entre as atividades do armazém e o sistema de controle de estoques.
Terminal Portátil (Hand Held Terminal)
Um dispositivo para entrada de dados tão pequeno que pode ser carregado e usado em uma mão. Um scanner móvel.
TEU (Twenty Foot Equivalent Unit)
Veja Unidade equivalente a vinte pés
THC (Terminal Handling Charge)
Veja Taxa de Manuseio de Terminal
Third Pack
Veja Embalagem Terciária
Third Party Logistic
Veja Logística de Terceira Parte
Third Party Logistics – 3PL
Veja Operador Logístico
Third Party Provider
Veja Fornecedor Terceirizado
Through Bill of Loading
Veja Conhecimento de Embarque Completo
TI – Tecnologia da Informação (Information Tecnology – IT)
Termo geralmente empregado para referir a todos os aspectos da tecnologia da computação e comunicações, incluindo hardware e software que abrange criação, arquivo, processamento, distribuição e apresentação da informação para uma variedade de empregos, incluindo negócios logístico, educação, científico, pessoal, etc.
Tijolos e Cimento (Bricks and Mortar)
Expressão utilizada para designar as empresas tradicionais (tijolos e cimento) fundamentadas no mercado físico.
Tijolos e Cliques (Bricks and Clicks)
Expressão utilizada para designar as empresas convencionais do mercado físico que adotaram práticas digitais operando num modelo híbrido.
Time Based Organization
Veja Organização baseada no tempo
Time Bucket
Veja Período de Tempo
Time Fence
Veja Horizonte Firme
Time Purchasing
Veja Compra por Período Fixo
Time to Market ou Tempo até o Mercado
É o tempo necessário para projetar, aprovar, construir e entregar um produto.
TKU
Toneladas transportadas por quilômetro útil.

 

TMS (Transportation Management Systems)
Veja Sistemas de Gerenciamento de Transporte.
To Order
Documento ou título emitido à ordem.
TOC- Theory of Constraints
Veja Teoria das Restrições
Toco
Caminhão que tem o eixo simples na carroceria, ou seja, não é duplo.
Tolerância de Expedição (Shipping Tolerance)
Desvio permitido em que o fornecedor ainda pode expedir; ou conforme quantidade em contrato.
Total Cost of Distribution
Veja Csuto Total da Distribuição
Total Cost Ownership
Veja Custo Total de Propriedade
Total Cost Relationship
Veja Custo Total de Relacionamento
Total Lead Time
Veja Lead Time Total
Total Logistic Cost
Veja Custo Logístico Total
Total Supply Chain Inventory Turn
Veja giro de Estoque Total em uma cadeia de abastecimento.
Total Value Relationship
Veja Valor Total de Relacionamento
Touch Screen
Tela sensível ao toque.
TPA 
Trabalhadores Portuários Avulsos.
TPS – Toyota Production System
Veja Sistema Toyota de Produção
TQC ou Total Quality Control
Literalmente, Controle da Qualidade Total. Sistema criado em todas as fases de uma empresa de manufatura, da engenharia de projeto à distribuição, que busca assegurar “defeito zero” na produção.
TQM (Total Quality Management ou Gestão da Qualidade Total)
Foi criado em 1985 pela Naval Air Systems Comand para descrever o seu enfoque de gerenciamento ao estilo japonês para o aperfeiçoamento da qualidade.
Traceability
Veja Rastreabilidade
Tracing
Veja Rastreamento
Track Storage
Veja estocagem na Linha
Tracking
Veja Acompanhamento
Trackstar
Veículo utilizado no setor ferroviário para verificação e manutenção dos trilhos, dormentes e geometria.
Trade Load
Veja Carga Comercial
Trade Package
Veja Embalagem de Comercialização
Trade-off ou Compensação
Na sua forma básica, o resultado incorre em um aumento de custos em uma determinada área com o intuito de obter uma grande vantagem em relação as outras (em termos de aumento de rendimento e lucro).
Trading Company
Termo utilizado para empresas, que operam no comércio internacional, importando e exportando mercadorias e/ou serviços próprios ou de terceiros.
Tráfego (Traffic)
Departamento ou função que tem a responsabilidade de organizar a classificação mais econômica e método de expedição tanto para produtos quanto materiais que são recebidos e expedidos.
Traffic Management
Veja Gerenciamento do Tráfego
Trailer Flatcar Operation
Veja Operação em Vagão Prancha
Train
Veja Comboio
Tramp
Veja Embarcação de Transporte Ocasional
Transbordo ou Transhipment
Transferir mercadorias/produtos de um para outro meio de transporte ou veículo, no decorrer do percurso da operação de entrega.
Transelevador (Turret Crane)
Equipamento para movimentação de materiais em que os garfos têm capacidade de acesso de 180 graus para estocar e recuperar paletes de amobs os lados do equipamento em um corredor estreito.
Transfer Batch
Veja Lote de Transferência
Transfer Price
Veja Preço de Transferência
Transferência Eletrônica de Fundos (Electronic Funds Transfer – EFT)
Sistema informatizado que processa as transações financeiras efetuadas entre duas partes.
Transferência em Armazém (Warehouse Movement)
Movimentações físicas ou registros de transações no sistema de gestão de materiais que ocorrem dentro de um armazém (por exemplo, do estoque reserva para o estoque de separação), ou entre armazéns físicos ou lógicos.
Transferência Interfábricas (Interplant Transfer)
Expedição de uma peça ou produto de uma fábrica para outra – ou divisão empresarial.
Transhipment
Veja Transbordo

 

Transit Time
Termo utilizado no transporte marítimo, que significa o tempo que o navio gasta para completar uma viagem ou trecho/percurso.
Transitário
Veja Expedidor de Frete
Transponder
Dispositivo usado para identificação que transmite automaticamente certos dados em códigos da atuação de um sinal especial.
Transponder de Rádiofrequência (Radio Frequency Transponder)
Tecnologia de identificação automática operada da mesma forma que etiquetas de segurança colocadas em roupas. Equipamentos transmitem as informações para um sistema de computador quando próximos ao transponder de radiofrequência.
Transportador Contínuo (Conveyor)
Mecanismo que transporta materiais por meio de correias, roletes, móveis, etc.
Transportador Contínuo Extensível (Accordion Roller Conveyor)
Um transportador contínuo de roletes com estrutura flexível que pode ser estendida ou contraída, assumindo vários comprimentos.
Transportador Contínuo Portátil (Portable Conveyor)
Qualquer tipo de transportador portátil, usualmente possuindo suportes que permitem uma mobilidade.
Transportadora (Carrier)
Parte que assume o transporte de produtos de um ponto a outro.
Transportadora Comum (Common Carrier)
Empresa que transporta mercadorias ou produtos por uma remuneração.
Transportadora de Carga Geral (General Commodity Carrier)
Transportador que possui autorização de operação no transporte de produtos em geral, ou todos os produtos são listados como especiais.
Transportadora Isenta de Taxa (Free Carrier – FCA)
Esse termo foi designado para ir ao encontro das necessidades particularmente do transporte intermodal. Baseia-se no mesmo princípio do FOB, onde o vendedor cumpre as suas obrigações quando entrega a mercadoria ao transportador no local designado. Se nenhum ponto for designado ambas as partes devem se referir ao local onde o transportador deverá tomar a mercadoria à sua responsabilidade. O risco de perda ou dano da mercadoria é transferido do vendedor para o comprador, naquele momento, e não no embarque.
Transportation Facility
Veja Instalação de Transporte
Transportation Inventory
Veja Estoque de Transporte
Transportation Method
Veja Método de Transporte
Transportation Requirements Planning
Veja Planejamento das Necessidades de Transporte
Transportation Warehousing
Veja Armazenagem de Transporte
Transportation Waybill
Veja Conhecimento de Transporte
Transporte
É a parte da logística responsável pelo deslocamento de cargas em geral e pessoas, através dos vários modais existentes.
Transporte Acompanhado (Accompained Transport)
Transporte de veículos rodoviários por outro tipo de transporte (via ferréa, por exemplo), acompanhado do motorista.
Transporte Aéreo (Airway Transportation)
Movimentação de pessoas ou materiais pelo ar, por aviões, helicópteros, balões ou dirigíveis.
Transporte Aquaviário (Waterway Transportation)
Movimentação de pessoas ou materiais pela água, rios, cabotagem ou marítimo.
Transporte Combinado (Combined Transportation)
Transporte intermodal onde a maior parte da jornada é via ferroviária, fluvial ou marítmia e o transporte inicial ou final por rodovia é o mais curto possível. Refere-se ao transporte de um veículo de transporte por outro (piggy back) como, por exemplo, uma carreta transportada por um vagão ferroviário ou por um ferry boat.
Transporte Contratado Dedicado (Dedicated Contract Carriage)
Um serviço contratual terceirizado que fornece veículos e motoristas para um cliente único que fará uso exclusivo deste serviço, usualmente executado em uma situação de rota fixa.
Transporte Coordenado (Coordinated Transportation)
Dois ou mais transportadores de diferentes tipos transportando um embarque.
Transporte de artigo perigoso (Artcile Dangereux de Route – ADR)
Acordo europeu relacionado ao transporte internacional de produtos perigosos em rodovias.
Transporte Dutoviário (Pipeline Transportation)
Movimentação de fluidos e gases pela tubulação.
Transporte e Seguro pago até (Carriage and Insurance paid to – CIP)
O vendedor transfere os bens ao transportador designado, porém o vendedor deve pagar, adicionalmente, as despesas de transporte necessárias para levar os bens até o local de destino. Isto significa que o comprador deve assumir os riscos e outras despesas surgidas após a entrega dos bens. Porém, no CIP, o vendedor deve, também, providenciar o seguro dos bens contra riscos de perda ou danos durante o transporte.
Transporte Ferroviário (Railway Transportation)
Movimentação de pessoas ou materiais por ferrovias.
Transporte Intermodal (Intermodal Transport)
É a integração dos serviços de mais de um modo de transporte, com emissão de documentos independentes, onde cada transportador assume responsabilidade por seu transporte. São utilizados para que determinada carga percorra o caminho entre o remetente e seu destinatário, entre os diversos modais existentes, com a responsabilidade do embarcador.
Transporte Multimodal (Multimodal Transport)
É a integração dos serviços de mais de um modo de transporte, utilizados para que determinada carga percorra o caminho entre o remetente e seu destinatário, entre os diversos modais existentes, sendo emitido apenas um único conhecimento de transporte pelo único responsável pelo transporte, que é o OTM – Operador de Transporte Multimodal.
Transporte pago até (Carriage Paid to – CPT)
Termo pelo qual o comprador paga o frete de carregamento para o destino. O risco de perda ou dano dos produtos, bem como quaisquer custos adicionais devido a eventos que ocorrerem depois do momento que os produtos tiverem sido entregues ao transportador é transferido do vendedor para o comprador, quando os produtos tiverem sido entregues a um transportador. ‘Transportador’ aqui, leia-se qualquer pessoa que, em um contrato de transporte, seja via terrestre, férrea, marítima, aérea ou otro; ou então de uma combinação deles. Se forem utilizados transportadores subsequentes, o risco passa quando os produtos tiverem sido entregues ao primeiro transportador. Este termo exige que o vendedor libere os produtos para exportação.
Transporte rodoviário (Roadway Transportation)
Movimentação de pessoas ou materiais por rodovias de automóveis, caminhões, carretas, etc.
Transporte Vaivém (Shuttle Service)
Transporte de ida e volta em uma rota geralmente curta entre dois pontos.
Trapiche
Armazém de mercadorias junto ao cais.
Treinamento no Local de Trabalho (On yhe job Trainning – OJT)
Adquirir conhecimento relativo a uma atividade, diretamente na prática.
Treminhões
é o conjunto formado por um caminhão normal ou cavalo mecânico mais semi-reboque, engatado em 2 reboques, formando assim um conjunto de três carrocerias puxadas por um só caminhão. É muito utilizado no transporte de cana de açúcar.
Trick
é uma asa-delta motorizada que vem equipada com rodas e/ou flutuadores e assentos de fibra de vidro.
Troca de Ferramenta em minuto simples (Single Minute Exchange of Die – SMED)
O temro foi usado primeiramente pelo especialista japonês em manufatura Shigeo Shingo, como uma abordagem à redução de tempos de setup que visa reduzir todos os tempos para menos de dez minutos.
Tronco (Trunk)
Extensão que interliga dois hubs mutuamente.
Truck
Caminhão que tem o eixo duplo na carroceria, ou seja, são 2 eixos juntos. O objetivo é aguentar mais peso e propiciar melhor desempenho ao veículo.
Truck Load
Veja Carga do Veículo
Turn Around
Veja Retorno
Turnover
Palavra em inglês, que na tradução quer dizer: rotatividade; movimentação; giro; circulação; medida da atividade empresarial relativa ao realizável a curto prazo; vendas.
Turret Crane
Veja Transelevador
Two Bin System
Veja Sistema de Duas Caixas
Two Man Operation
Veja Operação de Dois Homens