Glossário M

Selecione por letra:  A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

 

M/V
Motor Vessel. Trata-se de um navio movido a motor de combustão interna (combustível diesel).
Machine Load
Veja Carga Máquina
Magnetic Strip
Veja Fita Magnética
Maintenance
Veja Manutenção
Make or Buy (Fazer ou Comprar)
Processo de decisão da empresa em produzir um determinado item ou adquiri-lo de um fornecedor externo.
Make to order
Fabricação conforme pedido.
Make to stock
Veja Fabricar para Estoque.
MAM
Veja Movimentação e Armazenagem de Materiais
Manifest ou Manifesto
Documento com a relação de todos os conhecimentos de embarque, mencionando os principais detalhes das cargas embarcadas.
Manifesto de Carga (Cargo Manifest)
Lista contendo todos os itens de carga expedidos em determinado vôo, embarcação ou veículo. Um manifesto geralmente engloba toda a carga e independe do fato desta ser entregue em um único ou vários destinos. Os manifestos geralmente listam a quantidade de peças, peso, nome e endereço do destinatário.
Manufacturing Cycle
Veja Ciclo de Fabricação
Manufacturing Leadtime
Veja Lead Time de Fabricação
Manufacturing Logistic
Veja Logística da Produção
Manufacturing Strategy
Veja Estratégia de Manufatura
Manufatura Ágil (Agile Manufacturing)
Um passo além da manufatura enxuta, baseada nos princípios de entrega de valor ao cliente, sendo comprometido com a mudança, valorização do ser humano e formação de parcerias viirtuais.
Manufatura auxiliada por computador (Computer Aided Manufacturing – CAM)
Automação das técnicas de sistema de manufatura, incluindo contorle numérico, controle de processo, robótica e planejamento dos recursos da manufatura.
Manufatura Celular (Cellular Manufacturing)
Processo de fabricação de famílias de peças dentro de um arranjo de máquinas, operadas por pessoas multifuncionais.
Manufatura discreta (Discrete Manufacturing)
Produção de artigos diferenciados, como por exemplo, automóveis e computadores.
Manufatura integrada por computador (Comuter Integrated Manufacturing – CIM)
Sistemas computacionais de integração das operações de fabricação. Inclui soluções de CAD / CAE / CAM.
Manuseio (Handling)
É todo e qualquer movimento do material com as mãos. Trata-se de uma atividade cujo deslocamento do material ocorre em curtas distâncias (menor que um metro). Este manuseio pode ser efetuado empregando-se alguns dispositivos mecânicos, mas não existe o tal “manuseio mecânico”, exceto se executado por robôs de transferência.
Manutenção (Maintenance)
Combinação de todas as ações técnicas, econômicas e administrativas visando manter ou alterar a condição de um item para que possa desempenhar a função necessária.
Manutenção Corretiva
Termo utilizado em Produção, que siginifica o conjunto de medidas operacionais técnicas de vistoria, visando reparar efetivos problemas dos componentes das máquinas e equipamentos, que comprometam a performance e desempenho dos mesmos, para que possam executar sua função normal.
Manutenção Preditiva
Termo utilizado em Produção, que siginifica   o conjunto de medidas operacionais técnicas de vistoria, que indica as condições reais de funcionamento das máquinas com base em dados que informam o seu desgaste ou processo de degradação. Trata-se da manutenção que prediz o tempo de vida útil dos componentes das máquinas e equipamentos e as condições para que esse tempo de vida seja melhor aproveitado.
Manutenção Preventiva
Termo utilizado em Produção, que significa o conjunto de medidas operacionais técnicas de vistoria, visando evitar possíveis problemas dos componentes das máquinas e equipamentos, que comprometam a performance e desempenho dos mesmos, para que possam executar sua função normal.
Manutenção, Reparo e Operação (Maintenance, Repair and Operation – MRO)
Uma categoria de materiais com perfil de demanda especiais. MRO frequentemente demanda de um proejto especial da cadeia de abastecimento e pode ser um importante fator de sucesso na gestão de estoques.
MAP – Manufacturing Automation Protocol
Veja Protocolo de Automação da Manufatura
Mapeamento de Processo (Process Mapping)
Conjunto de atividades sistematizadas com objetivo de atribuir responsabilidades; identificar atividades fragmentadas por diversos departamentos ou áreas, as quais devem ser reagrupadas; determinar atividades repetitivas sem valor agregado ou que não possuem cliente, as quais devem ser eliminadas; identificar desperdícios, gargalos, burocracia, perda de tempo, duplicações ou repetições que devem ser eliminadas; identificar tarefas que, mesmo acrescentando valor, podem ser simplificadas; e descobrir atividades auxiliares que não fazem parte da missão da empresa e que podem ser terceirizadas com vantagens operacionais de qualidade e custo. (PRAZERES, 1996).
Marca de Calado (Plimsoll Mark)
Uma marca, soldada de ambos os lados da embarcação, que dá o limite até o qual pode ser carregado, dependendo do peso específico da água em que a embarcação se situa.
Marco (Milestone)
Marco ou ponto de controle (finais ou intermediários) em um cronograma para contorle de projetos.
Margem Bruta (Gross Margin)
É a diferença entre receita de um pedido pelo valor de venda dos itens e o custo da respectiva mercadoria vendida.
Margem de Contribuição (Contribution Margin)
É igual ao valor das Vendas menos o valor dos Custos Variáveis e das Despesas Variáveis.
Marginal Cost
Veja Custo Marginal
Market Segmentation
Veja Segmentação de Mercado
Market Share
Veja Participação de Mercado.
Marketing de Relacionamento
É um conjunto de estratégias que visam o entendimento e a gestão do relacionamento entre uma empresa e seus clientes, atuais e potenciais, com o objetivo de aumentar a percepção de valor da marca e a rentabilidade da empresa ao longo do tempo
Marketing Um a Um (Marketing One to One)
É fazer a empresa voltar-se para o cliente individual, conhecendo-o mais e de forma contínua. Por meio de interações com esse cliente, a empresa pode aprender como ele deseja ser tratado. Assim, a empresa torna-se capaz de tratar esse cliente de maneira diferente dos outros. No entanto, marketing one-to-one não significa que cada necessidade do cliente deva ser tratada de maneira exclusiv. Em vez disso, significa que cada cliente tem uma colaboração direta na maneira como a empresa se comporta com relação a ele.
Marketplace
Sites em que compradores e fornecedores se comunicam, trocam informações, fazem transações, efetivam concorrências e leilões, coordenam informações estratégicas (como estoques) e administram pedidos. Business to business (B2B): realização de negócios entre as empresas pela internet. Business to Consumer (B2C): realização de negócios pela Internet entre a empresa e o consumidor.
Mass Customization
Veja Customização em Massa
Mass Production
Veja Fabricação em Massa
Master Plan
Veja Plano Diretor
Master Planning
Veja Planejamento Mestre
Materiais de Ressuprimento Automático
são aqueles que possuem recomendação de estoque, possuindo ponto de ressuprimento e lote econômico definidos.
Materiais Diretos
são usados diretamente na fabricação de um produto, como os insumos e matérias-primas, geralmente possuem alto valor agregado, mas geram poucos processos de compra.
Materiais Indiretos
também conhecidos como MRO (Manutenção, Reparo e Operações), são usados para apoiar a produção, a exemplo de peças de reposição, artigos de escritório e material de limpeza. Estes itens, em grande parte, possuem baixo valor unitário, porém são muito diversos e geram uma enorme quantidade de processos de compra.
Material
Designação genérica para quaisquer itens usados direta ou indiretamente para produzir um produt ou serviço.
Material Catalogation
Veja Catalogação de Material
Material em Consignação (Consigned Material)
Estoque de produtos com um cliente externo que ainda é propriedade do fornecedor. O pagamento por estes produtos só é feito quando eles são utilizados pelo cliente.
Material em Progresso (Work in Progress – WIP)
Itens de terceiros ou itens internos que estão sendo processados, mas que ainda não são um produto acabado. O termo ‘estoque’ diferencia o material em progresso do estoque de material em progresso. O último identifica o fato de que os materiais permanecem ociosos, como estoque, não sendo agregado nenhum valor.
Material Flow Analysis
Veja Análise do Fluxo de Material
Material Handling
Veja Movimentação de Material
Material Identification
Veja Identificação de Material
Material Inativo (Salvage Material)
Material não utlizado que possui certo valor no mercado e pode ser vendido.
Material Management
Veja Gerenciamento de Material
Material Perigoso (Hazardou Material – Hazmat)
Uma substância ou material capaz de oferecer risco à saúde, à segurança e à propriedade quando transportado.
Material Rejeitado (Rejected Material)
Material que não cumpre as exigências de qualidade mas que ainda não foi enviado para retrabalho, refugo ou devolvido a um fornecedor.
Matéria-Prima (Raw Material)
Termo que denomina matérias-primas.
Maxambomba
Trole usado nos portos fluviais para o serviço de carga / descarga dos vapores; carruagem de estrada de ferro, com mais de um pavimento.
Maximum Demonstrated Capacity
Veja Capacidade Máxima Demonstrada
Maximum Order Quantity
Veja Quantidade Máxima por pedido
Maximum Stock
Veja Estoque Máximo
MBA
Máster Business Administration.
Média Móvel (Moving Average)
Média aritmética de um certo número (n) das observações mais recentes. À medida que se realizam novas observações, abandona-se as observações mais antigas. O valor de n (número de períodos utilizados para se fazer a medida) reflete a capacidade de resppota frente à estabilidade.
Medição Chave (Key Measurement)
Uma medição que monitora um processo para garantir a eficiência do processo e a eficácia da qualidade do seu resultado.
Medidas de desempenho
São instrumentos utilizados para avaliar a performance de qualquer atividade logística. Podem ser relatórios, auditorias, etc. Não se pode melhorar aquilo que não mensuramos.
Melhor da classe (Best of Breed)
Melhor empresa, produto, serviço, etc. em sua classe ou segmento.
Memory Card
Cartão destinado a armazenar informações como se fosse a memória do equipamento.
Menor tempo de processamento (Less Time of Processing)
Regra de prioridade para sequênciamento das ordens de produção na qual a tarefa seguinte a ser processada é aquela que tem a menor duração de processamento entre as tarefas à espera.
Mensagem de exceção (Action Message)
Mensagem derivada do ritmo do planejamento das necessidades de material (MRP).
Mercado Alvo (Target Market)
Segmento do mercado que uma empresa identificou ocmo contendo um grupo de clientes com necessidades similares aos quais as empresas desejam atender.
Mercadoria Pronta no chão (Floor Ready Merchandise)
Produto que jáestá pronto pelo fabricante para ser enviado a expedição. Produtos expedidos aos varejistas com etiquetas de preços, dispositivos de segurança necessários, etc.
Merge
Veja Fusão
Merge in Transit
Veja Consolidação em Trânsito
MÊS – Manufacturing Execution System
Sistemas integrados de contorle da produção, que permitem programar ordens de produção, coordenar atividades de suporte, gerenciar as execuções do chão-de-fábrica e comunicar a posição e os problemas com as ordens de produção.
Método de Brown (Brown Method)
Método de previsão de séries temporárias, baseado no arranjo excepcional utilizado quando existe uma tendência. Há um modelo para a tendência linear e outro para a quadrática.
Método de Delphi (Delphi Method)
Método sistemático e interativo de análise no qual, a partir das opiniões livres e independentes de um grupo de especialistas, tenta-se conseguir uma opinião condensada sobre os temas analisados. Técnica para previsão qualitativa em que as opiniões de experts são associadas em uma série de reiterações /repetições. Os resultados de cada reiteração são usados para desenvolver a seguinte, para haver convergência na opinião dos experts.
Método de Harrison (Harrison Method)
Método de previsão de séries temporárias, baseado no arranjo excepcional apropriado quando exsite uma componente fixa e outra aleatória de variação relativamente grande. O fator fixo é expressado em função de “harmônicos”, mediante séries de Fourier.
Método de média móvel (Moving Average Method)
Método de previsão de curtoprazo que calcula a média dos dados a partir de alguns períodos passados recentes para formar a previsão para o período seguinte.
Método de Transporte (Transportation Method)
Modelo linear de programação relacionado à minimização de custos relacionado às necessidades de abastecimento em várias localidades, de diversas fontes, com custos diferentes relacionados a varias combinações de fonte e localização.
Método de Weber (Weber Method)
Método gráfico para a localização de um único centro em uma rede de logística. Esta localização acontece quando a rede logística tem um só nó ou quando este se isola do resto e não acontece uma alteração da demanda.
Método do caminho crítico (Critical Path Method – CPM)
Técnica de planejamento em rede usada para planejar e controlar as atividades necessárias para execução de um projeto. Mostrando cada uma dessas atividades e o tempo associado, é possível determinar o “caminho crítico”, identificando os elementos que restringem o tempo total do projeto.
Método dos Mínimos Quadrados (Least Square Method)
Método de ajuste de curvas que seleciona a linha de menor ajuste aos pontos pelo cálculo da mínima soma dos quadrados dos desvios dos pontos à linha.
Método Simplex (Simplex Method)
Método de resolução da programação linear que fornece soluções otimizadas para problemas complexos que têm muitas variáveis e restrições.
Metric
Veja indicador
Mezanino (Mezzanine)
Uma plataforma apoiada por colunas usada para estocagem ou operação, construída em um plano superior, o qual permite o movimento de pessoas e equipamentos embaixo.
Middleware
Software de interface que permite interação de diferentes aplicações de softwares, geralmente sobre diferentes plataformas de hardware e infraestrutura, para troca de dados.
Milestone
Veja Marco
Milk Run
Veja Coleta Programada.
Min Max System
Veja sistema Min Max
Mini Load
Conceito de estocagem e separação em que o acesso aos materiais é feito automaticamente, conduzindo os contenedores de estocagem para um operador. O mini load (transelevador) pode ser totalmente automatizado utilizando-se um computador dedicado.
Minimum Order
Veja Pedido Mínimo
Minimum Order Clearance
Veja Altura Mínima
Minimum Stock
Veja Estoque Mínimo
MIS – Management Information System
Veja Sistema de Gerenciamento de Informação
Mix
Veja Variedade
Mixed Load
Veja Carga Misturada
ML
Milha Terrestre.
Mobile technology
Veja Tecnologia Móvel
Modais
são os tipos/meios de transporte existentes. São eles ferroviário (feito por ferrovias), rodoviário (feito por rodovias), hidroviário (feito pela água), dutoviário (feito pelos dutos) e aeroviário (feito de forma aérea).
Modal
Meio (modo) de transporte utilizado para deslocar fisicamente uma mercadoria
Modal Share
Veja Compartilhamento de Modais
Modelagem de Distribuição (Distribution Modeling)
Uso de técnicas quantitativas e abordagem de sistemas para análise e otimização da operação de distribuição física. É o uso de uma ferramenta computadorizada para determinar e comparar os custos totais dos diversos projetos logísticos de uma empresa.
Modelagem de Estoque (Inventory Modeling)
Avaliação de proejto alternativo de estoque ou parâmetros do mesmo, utilizando processos analíticos ou de simulação para apoiar o gerenciamento das decisões.
Modelo de Box Jenkins (Box Jenkins Model)
Abordagem de previsão baseada em modelos de regressão e média móvel. O modelo está baseado em observação histórica em intervalos variados de tempo do item a ser projetado e erros históricos nos valores previstos, não em regressões de variáveis independentes.
Modelo de reabastecimento Ótimo (Optimal Replenishment Model)
Processo matemático de determinação de qual quantidade pedir e quando, utilizando um ponto de pedido fixo ou intervalo de pedido fixo.
Modelo de Referência das operações na Cadeia de Abastecimento (Supply Chain Operations Reference Mod
Um modelo de atividades desenvolvido pelo Supply Chain Council (EUA) para padronizar a descrição dos processos na cadeia de abastecimento.
Modo (Mode)
Qualquer método de transporte incluindo rodoviário, ferroviário, aéreo, aquário e dutoviário.
Modular Bill of Material
Veja Lista de Material Modular
Modular Partnership
Veja Consórcio Modular
Módulo (Module)
Unidade separada ou distinta de hardware ou software que pode ser usada como um componente de sistema.
Money Cost
Veja Custo de Capital
Monitoramento de Frota (Fleet Monitoring)
Função de seguir a localização e condição dos vários veículos na frota.
Monotrole Aéreo Eletrificado (Electric Overhead Monorail – EOM)
Uma monovia aérea com eletrificação, onde os troles suspensos são endereçados autoamticamente a estações de trabalho designadas.
Monovia (Monorail)
Descreve sistemas de transportes mecânicos e automáticos. Um sistema elevado de transportador contínuo consistindo de um trilho e um suporte para carga. Os trilhos tipicamente possuem uma corrente tracionada por um motor com mecanismo que transporta as cargas.
Montagem (Assembly)
Etapa em que peças ou componentes formam um produto adequado ao processo em questão.
Montagem sob Encomenda (Assemble to Order)
Tipo de fabricação que ocnverte matéria-prima e componentes de nível inferior a um nível pré-determinado de manufatura e montagem ou configura-os ocnforme pedido do cliente. Produto fabricado contra pedido para que os componentes-chave (matéria-prima, semi-acabados, subconjuntos, fabricados, comprados, etc) usados no processo final de montagem sejam planejados e estocados com antecipação ao pedido do cliente.
Montante (Rack)
Elemento fixo ou desmontável colocado verticalmente sobre um palete e destinado, pricnipalmente, a permitir o empilhamento.
Monte Carlo Simulation
Veja Simulação Monte Carlo
Move order
Veja Ordem de Movimento
Movement Inventory
Veja Estoque em Movimento
Movimentação
É a parte da logística responsável pelo deslocamento interno de produtos em geral (acabados, matérias-primas, insumos, componentes, etc.). São utilizados vários tipos de equipamentos nesta operação, como empilhadeiras, tratores, veículos auto-guiados, carrinhos em geral, guindastes, etc.
Movimentação de Material (Material Handling)
Movimento de produtos em uma pequena distância dentor de uma área. É o deslocamento de qualquer material em qualquer superfície ou combinação de superfícies, por quaisquer meios que incluam a estocagem (movimento com velocidade zero) numa mesma empresa. O deslocamento entre as empresas é denominado de trnasporte.
Movimentação e Armazenagem de Material – MAM (Material Handling and Warehouse)
É a arte e a ciência da embalagem, estocagem, controle e fluxo de materiais dentro de um complexo empresarial (indústria, terminal, depósito, etc.)
Movimento de Produtos (Goods Movement)
Fluxo de um produto específico ou grupo de produtos expresso em termos quantitativos ou financeiros. Este fluxo de produtos pode ser representado por meio da seguinte fórmula: EI + E – S = EF EI – Estoque no início do período E – Entrada total de produtos durante este período S – Saída total de produtos durante este período EF – Estoque no final de um período
Moving Average
Veja Média Móvel
Moving Average Method
Veja Método de Média Móvel
MPS
Planejamento-Mestre da Produção.
MPS – Master Production Schedule
Veja Programa Mestre da produção
MPT ou TPM
Manutenção Produtiva Total.
MRO
Manutenção, Reparo e Operação.
MRO – Maintenance, Repair and Operation
Veja Manutenção, Reparo e Operação
MRP
Material Requirements Planning ou Planejamento das Necessidades de Materiais.
MRP II 
Manufacturing Resources Planning ou Planejamento dos Recursos da Manufatura.
MSDS – Material Safety Data Sheet
Veja Folha de Identificação de Segurança do Material
MTBF – Meantime Between Failures
Veja Tempo Médio entre Falhas
MTM
Method Time Measurement ou Redutor do Tempo de Execução do Trabalho.
MTTR – Meantime to Repair
Veja Tempo Médio para Reparo
Mudança Líquida (Net Change)
Aboradagem pela qual o plano das necessidades de materiais é parcialmente regenerado no computador. Sempre que há necessidade de mudança nas necessidades, estoque ou lista de materiais, uma explosão parcial é processada somente nos ocmponentes afetados pela mudança.
Multilevel Bill of Material
Veja Lista de Materiais de Múltiplos Níveis
Multilevel Where-Used
Veja Múltiplos Níveis Onde Usado
Multimodal Transport
Veja Transporte Multimodal
Multimodal Transportation Operator
Veja Operador de Transportes Multimodal – OTM
Multimodalidade (Multimodality)
É a operação de realizar o deslocamento de mercadorias entre a origem e o destino final, utilizando diversos modais de transporte, sob a responsabilidade legal e contratual de um único operador.
Multipack
Veja Embalagem Múltipla
Multiple Floor Rack
Veja Estanteria em Múltiplos Níveis
Multiple Hazards
Veja Perigos Múltiplos
Multiple Item Lot Sizing
Veja Dimensionamento de Lote de itens Múltiplos
Múltiplo de Embalagem (Rounding Order Quantity)
O arrendodamento da quantidade de um pedido adicionaod à necessidade de atender a uma restrição imposta pelo fabricante ou para otimizar os custos da cadeia de abastecimento.
Múltiplos Níveis Onde Usado (Multilevel Where Used)
Registro de todos os componentes que lista todos os itens similares onde aquele determinado componente é usado diretamente, o nível seguinte mais elevado em que itens similares são usados e assim por diante, até o nível mais elevado (nível 0).
Multisourcing
Veja Fonte Múltipla
Murphy’s Law
Veja Lei de Murphy